sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Vento do Mar


Vento do mar

No meu rosto

E o sol a queimar

Queimar

Calçada cheia de gente

A passar

E a me ver passar

Rio de janeiro

Gosto de você...

(Antonio Maria-Valsa de uma cidade)

6 comentários:

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Iemanjá nas praias do Rio...Delícia de post! Pode deixar, vou falar dessa Cidade Super-Maravilhosa!!!Bjsss

O Trovador disse...

Final de ano chegando e vamos preparar as oferendas para a rainha do mar, salve Iemanjá!

Mello disse...

Lindo poema! Não conheço o Brasil, mas já vi fotos do Rio de Janeiro e acho a cidade lindíssima.

Beijinhos,


Graça Mello

Mello disse...

Obrigada!

Tenho medo de ir conhecer o Brasil, posso nunca mais querer voltar a Portugal, rs.rs.rs.rs...

Beijinhos e fica bem!

Graça Mello

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Ei, irmãozinho!
Essa valsa tem que virar o Samba do Avião, rssss...bjssss

Don Oleari disse...

"Valsa de uma Cidade", meu caro, é outro belo hino para o Ridijanero a dezembro.

Tenho algumas gravações dela, uma com a Marisa Gata Mansa, outra...

Mas, outra mesmo que adora são duas: uma de um concerto no auditório de O Globo em 28 de novembro de 1958 com o Dick Farney e aquele piano maravilhoso, mais so Paulo Moura de sax - beleza pura...
A outra, também com o Dick Farney isbagaçando no piano com arrnjo e orquestra do grande maestro Gaia.

Meu amigo: sempre pensei em ir morar no Rio, conseguir um horário de rádio para fazer um bom programa da boa e pura música brasileira e "Valsa de Uma Cidade" seria meu prefixo e minha saudação ao Rio...

Quem sabe? horinha dessas eu vou...
Abraço do Oleari.